Nossas redes sociais

Piauí

Secretaria de Justiça utiliza cão policial para vistoriar presídio

Postado

em

Dando continuidade à Operação Paixão de Cristo no sistema prisional do Piauí, a Secretaria de Justiça realizou, nesta terça-feira (4), vistoria na Penitenciária Irmão Guido, em Teresina. Na unidade, os cães policiais da Polícia Penal, Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Civil Municipal estiveram em ação.

O K-9 SAM da Polícia Penal do Piauí, um pastor belga de malinois, colabora com o sistema prisional piauiense desde 2022, atuando em vistorias como as dessa semana e também fora do sistema, participando de abordagens de forças como a Polícia Rodoviária Federal, com o intuito de farejar e encontrar entorpecentes.

K-9 SAM, cão da Polícia Penal do Piauí durante Operação Paixão de Cristo no sistema prisional

“O cão policial é indispensável no sistema prisional, pois ocorrem situações em que o olfato e a visão humana não detectam. Os cães possuem em média 250 milhões de células olfativas e ajudam nesse trabalho. As melhores polícias do Brasil e do mundo já usam essa ferramenta que auxilia o nosso trabalho, e o fruto disso é uma sociedade mais segura”, disse o policial penal Wellington Nazário, do Núcleo de Operações com Cães da Polícia Penal do Piauí.

“A integração das forças de segurança demonstra maturidade das forças policiais e do nosso compromisso enquanto servidores públicos com a sociedade e tentar devolver maior segurança para todos. Esse é o nosso compromisso”, ressaltou o diretor de Administração Penitenciária da Sejus, Reginaldo Moreira.

A Operação Paixão de Cristo segue durante toda o período de semana santa no sistema prisional.

Fonte: Governo do Piauí

Em alta