Nossas redes sociais

Brasil

Homem morre após ser atingido por queda de árvore durante temporal

Agência Brasil

Postado

em

Um homem de 58 anos de idade foi atingido por uma árvore durante o temporal que atingiu a região de Jundiaí (SP) nesta segunda-feira (8).  Ele era morador de Itupeva e chegava em casa no momento do acidente. Segundo a Defesa Civil do estado de São Paulo, ele foi atingido ao desembarcar do carro. A vítima foi socorrida mas não resistiu. 

Na capital paulista, uma estrutura metálica da marquise do Parque Ibirapuera caiu, atingindo quatro pessoas. A ambulância do parque socorreu duas vítimas, uma com contusão nos membros superiores e uma com suspeita de fratura na costela. As outras duas foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros. Todas foram encaminhadas ao Hospital Israelita Albert Einstein. 

Chuvas

Segundo a Defesa Civil do estado, na segunda-feira foram registrados acumulados de chuva que variaram de 97 mm a 44 mm, nas 12 horas anteriores, com destaque para o município de Mogi das Cruzes, com 97 mm; São Paulo com 62 mm; Francisco Morato e Jundiaí, com 50 mm; Franco da Rocha, com 45 mm e Salto de Pirapora, com 44 mm. No Aeroporto de Congonhas, foram registradas rajadas de vento às 15h, de 75 km/h. 

Foram registrados cerca de 200 chamados de queda de árvore na capital paulista, com duas ocorrências envolvendo veículos bloqueando a saída do motorista. Nos dois casos, o Corpo de Bombeiros prestou atendimento com apoio da concessionária de energia Enel. 

Na estação Aeroporto-Guarulhos, na Linha 13-Jade da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), parte do telhado foi arrancada pelo vento por volta das 16h. Ninguém se feriu,mas os trens da linha passaram a utilizar a mesma plataforma para embarque e desembarque de passageiros. 

“Equipe de manutenção trabalhou durante toda a madrugada desta terça-feira (9) para retirar as telhas que estavam no rio e na avenida, além de realizar inspeção para garantir que não havia telhas soltas na estrutura. O próximo passo é o planejamento para recuperação do local o mais rápido possível, informou a CPTM em nota. 

Enel 

A Enel informou que restabeleceu a energia para aproximadamente 70% dos clientes que tiveram o fornecimento impactado na tarde de segunda-feira após as rajadas de vento que atingiram parte da área de concessão da distribuidora. 

“Os fortes ventos causaram queda de árvores e galhos danificando trechos da rede elétrica. Os municípios mais atingidos na área de concessão foram São Paulo e Santo André”, diz em nota. 

Segundo a Enel, os bairros mais prejudicados na capital paulista foram Moema, Vila Nova Conceição, Jardim Paulista, Planalto Paulista, Jabaquara, Vila Mariana, Pedreira, Pirituba, Centro e Itaquera. 

“Técnicos da companhia atuam desde a tarde de ontem [segunda-feira], inclusive durante a madrugada, para reconstruir os trechos da rede de distribuição danificados. Cerca de 800 equipes seguirão trabalhando ao longo do dia para restabelecer a energia para todos”, informou a concessionária.

Fonte: Agência Brasil

Em alta