Nossas redes sociais

Política

Paralisada, Câmara dos Deputados dos EUA elege novo presidente dia 11

Agência Brasil

Postado

em

Está aberta a disputa pela cadeira de presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos. Após a queda do republicano Kevin McCarthy, dois nomes surgem como candidatos. O primeiro é Steve Scalise, o segundo republicano da Câmara. O outro é Jim Jordan, um dos principais antagonistas do presidente democrata Joe Biden.

Aos dois deputados poderão se juntar vários outros candidatos numa possivelmente longa e confusa batalha para preencher o cargo na Câmara, onde os republicanos detêm uma estreita maioria, 221 contra 212 democratas. Enquanto isso, a Casa fica paralisada. Os republicanos marcaram para 11 de outubro a votação para escolher um sucessor e devem se reunir no dia anterior para ouvir seus candidatos.

Queda histórica

Kevin McCarthy
Kevin McCarthy

Kevin McCarthy não resistiu à rebelião iniciada por seu colega de partido, Matt Gaetz – REUTERS/Evelyn Hockstein/Direitos reservados

O presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, Kevin McCarthy, foi destituído do cargo com 216 votos favoráveis e 210 contrários. Oito republicanos votaram junto com 208 democratas, que se recusaram a socorrer o então presidente.

A rebelião foi liderada pelo deputado Matt Gaetz, um republicano de extrema-direita da Flórida e antagonista de McCarthy, que acusou o líder do partido de não fazer o suficiente para reduzir as despesas federais.

Candidatos

Scalise, de 57 anos, que tem recebido tratamento contra o câncer, há muito é considerado o herdeiro natural de McCarthy e tem se reunido em privado com os republicanos para obter apoio para a sua candidatura. Ele é visto como mais conservador do que McCarthy.

Ele foi gravemente ferido em 2017, quando um homem que havia criticado os republicanos nas redes sociais atirou nele e em outros parlamentares do partido enquanto eles treinavam para um jogo de beisebol.

Jordan, de 59 anos, um conservador combativo ex-lutador universitário de Ohio, liderou investigações sobre o governo Biden e ganhou destaque como líder vocal da ala direita do partido antes de formar uma aliança com McCarthy. Ele é conhecido por evitar paletós e um apoiador destacado do ex-presidente Donald Trump.

Como presidente do Comitê Judiciário, ele está envolvido na investigação sobre o impeachment de Biden e se envolveu com promotores estaduais que entraram com processos criminais contra Trump.

Jordan é visto por alguns moderados como tendo ido demais para a direita, e por alguns radicais como muito próximo de McCarthy. Scalise é visto pelos aliados de McCarthy como não tendo feito nada para o ajudar durante o desafio da liderança e enfrenta questões sobre sua capacidade física para desempenhar o cargo, de acordo com um parlamentar republicano que falou sob condição de anonimato.

Outros potenciais candidatos são Kevin Hern e Patrick McHenry. Esse último está atuando temporariamente como presidente da Câmara após a remoção de McCarthy.

*com informações da Agência Reuters

Fonte: Agência Brasil

Em alta